Quando eu era da idade dos liliputianos, acreditava que o nosso cérebro tinha infinitas gavetas onde guardávamos todas as nossas memórias... gavetas fechadas, abertas, empenadas, cheias, vazias... A Terra dos Liliputianos é uma extensão do nosso cérebro, com gavetas sempre disponíveis para recordar.

Seja bem vindo à nossa terra, um caderno de viagens do tamanho das crianças.



terça-feira, 29 de janeiro de 2008

As meias não deviam vir aos pares


Multiplicando os pés de casa pelos dias da semana, mais os pés de dormir, calculo que se chegue a um número redondinho chamado 80 pés semanais para dobrar, quer dizer, meias para acasalar (um jogo de observação notável para qualquer mãe de família). O problema agrava-se quando os 'viúvos' viram o seu par esvaecer-se no ar ou desaparecer num buraco nunca antes encontrado. No armário dos liliputianos foi criada uma gaveta para o efeito - 'Par procura-se, novas ou velhas, pede-se apenas compatibilidade na cor e no tamanho'. Se as meias viessem aos trios, metade destes problemas acabariam.

2 comentários:

Rudolfo, a rena disse...

Nunca tinha visto as meias desta perspectiva.

Rodrez disse...

:)

Eu bem me parecia que o bicho papão das meias frequentava outros lares que nõ o meu.