Quando eu era da idade dos liliputianos, acreditava que o nosso cérebro tinha infinitas gavetas onde guardávamos todas as nossas memórias... gavetas fechadas, abertas, empenadas, cheias, vazias... A Terra dos Liliputianos é uma extensão do nosso cérebro, com gavetas sempre disponíveis para recordar.

Seja bem vindo à nossa terra, um caderno de viagens do tamanho das crianças.



quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

F6 - Tenho uma surpresa para ti... não, são duas...
Mãe - Duas surpresas? ummmmmmm
F6 - eeeee....esqueci-me...dei à J...
(rrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr, deu AS MINHAS SURPRESAS Á J?????)
Mãe - Deste as surpresas á tua amiga? Podes-me dizer o que ERAM?
F6 - Dois bombons que a professora me deu por eu me portar bem.


Mais tarde o F6 deu-me um chocolatinho da sua colecção do Natal.

1 comentário:

Rudolfo, a rena disse...

Ai os amores!!