Quando eu era da idade dos liliputianos, acreditava que o nosso cérebro tinha infinitas gavetas onde guardávamos todas as nossas memórias... gavetas fechadas, abertas, empenadas, cheias, vazias... A Terra dos Liliputianos é uma extensão do nosso cérebro, com gavetas sempre disponíveis para recordar.

Seja bem vindo à nossa terra, um caderno de viagens do tamanho das crianças.



sábado, 19 de janeiro de 2008

'Quando eu era bebé, portava-me muito mal, quer dizer, fazia muitos disparates... não me podia portar mal porque era bebé.'

F6

2 comentários:

NETMITO disse...

A luz...que te deixo...é da cor da minha vida...

Aparece no meu blog e pede um desejo:)

Anónimo disse...

Só revela que o F está crescido...