Quando eu era da idade dos liliputianos, acreditava que o nosso cérebro tinha infinitas gavetas onde guardávamos todas as nossas memórias... gavetas fechadas, abertas, empenadas, cheias, vazias... A Terra dos Liliputianos é uma extensão do nosso cérebro, com gavetas sempre disponíveis para recordar.

Seja bem vindo à nossa terra, um caderno de viagens do tamanho das crianças.



quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Gosto de dar utilidade a matérias que aparentemente não têm segunda vida. Os liliputianos gostam e já surpreendem a mãe: A mãe tirou os preços dos sacos da fruta e criou autocolantes para o S2 pintar... o F7 aplicou os preços aos móveis e promoveu um leilão cá em casa! Minutos depois... até eu já tinha preço!

3 comentários:

As Minhas Pinxesas disse...

LOL
Aprendem com a mamã a dar utilidade ás coisas.
Xana

ritmargaride disse...

Que ideia tão gira! Vou copiar lol.

Bjkas para ti e para os cachopos

Lipa disse...

Mamaã criativa, filhos originais.
Esse preço da mamã só podia ser em euros infinitos, de certeza!