Quando eu era da idade dos liliputianos, acreditava que o nosso cérebro tinha infinitas gavetas onde guardávamos todas as nossas memórias... gavetas fechadas, abertas, empenadas, cheias, vazias... A Terra dos Liliputianos é uma extensão do nosso cérebro, com gavetas sempre disponíveis para recordar.

Seja bem vindo à nossa terra, um caderno de viagens do tamanho das crianças.



quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Cotãozinho e os seus irmãos

Para quem não tem tempo, e por vezes, nem vontade de fazer as lides de casa, é leitura obrigatória: das camisolas de lã, do vento da rua, das corridas desenfreadas dos liliputianos, nascem uns novelinhos simpáticos, como os destas histórias! (ainda estou a tentar interiorizar).

2 comentários:

xanasofia disse...

Olha esse e bom para mim pois eu n gosto de fazer nada em casa, lolllllll, mas e verdade
Onde e k se compra esse livro, aqui nos states???lol
beijokinhas

Terra Mãe disse...

O livro já tem uns aninhos. Não sei se ainda se vende... talvez consigas alguma informação no site da Carla Pott (ilustradora).