Quando eu era da idade dos liliputianos, acreditava que o nosso cérebro tinha infinitas gavetas onde guardávamos todas as nossas memórias... gavetas fechadas, abertas, empenadas, cheias, vazias... A Terra dos Liliputianos é uma extensão do nosso cérebro, com gavetas sempre disponíveis para recordar.

Seja bem vindo à nossa terra, um caderno de viagens do tamanho das crianças.



segunda-feira, 22 de junho de 2009

NAN (2)




1º andar, com retrato de família









Chegou a casa no dia 15, depois de ter sido recolhida da rua, aos 2 meses de idade. É meiga e muito brincalhona. Por enquanto está em casa dos avós - vamos vê-la quase todos os dias e nota-se bem o seu crescimento e boa adaptação. Construímos-lhe uma casa de dois andares - o r/c é das brincadeiras e o 1º andar para dormir.


O F7 sonha com a gatinha em nossa casa. Diz que preferia um gato, ou melhor, um macho! Mas se há um dia sem a visitar é como não ver o seu desenho animado preferido.

1 comentário:

Rita disse...

Também quero fazer uma casota destas :))))