Quando eu era da idade dos liliputianos, acreditava que o nosso cérebro tinha infinitas gavetas onde guardávamos todas as nossas memórias... gavetas fechadas, abertas, empenadas, cheias, vazias... A Terra dos Liliputianos é uma extensão do nosso cérebro, com gavetas sempre disponíveis para recordar.

Seja bem vindo à nossa terra, um caderno de viagens do tamanho das crianças.



segunda-feira, 26 de setembro de 2011

No quarto novo

O berço já estava a ficar pequenininho, pelo que decidimos mudar-te para a cama grande. Foram mais mudanças do que se estava à espera: em vez de mudar a cama, aproveitamos e mudamos de quarto.
Outras mudanças vieram atrás - de 'paredes meias' com o quarto dos manos, temos que controlar os decibéis, especialmente durante as brincadeiras de fim-de-semana. A mãe ainda faz umas caminhadas (e não sofro de sonambulismo) de madrugada para te dar o leitinho. Vamos ver quanto tempo dura...

1 comentário:

Mãe(q.b.) ao quadrado disse...

Pois as caminhadas nocturnas é q são mais lixadas :p

jokas